quarta-feira, 29 de julho de 2009

22:50

.

"As moças que eu conheço
se enroscam como gatas
enquanto lambem as patas.
Curvam todas as retas,
desconhecem as setas
e sempre avançam o sinal.

As moças que eu conheço
escalam as alturas dos cumes
e exalam os mais loucos perfumes.

São bailarinas profanas,
meretrizes sagradas,
tão descaradas,
tão descaradas...

Não ligam tomadas e
desconhecem bulas,
por pura gula
engolem o mundo,
levantam as saias e
violam as nuvens."

.

2 comentários:

A.S. disse...

Bia,

Há momentos para tudo!
A vida é feita de uma multiplicidade de emoções...


Meus beijos!

Vanessa disse...

amo

=**

.