sexta-feira, 28 de agosto de 2009

20:56

Não era uma super fã de John Lennon,
mas após ler a biografia autorizada dele,
em 839 páginas escritas com maestria por
Philip Norman, passei a tê-lo como "amigo".

O romance dele com Yoko foi comovente,
pelo menos da parte dele. Ele foi intenso
e inconsequente em tudo, e no Amor, mais
do que nunca.

_ é , John Lennon, você tem razão,
temos que continuar vivendo,
vivendo em tempo emprestado.

*

Nenhum comentário: