quinta-feira, 3 de setembro de 2009

11:13

QUEM ERA VOCÊ, AFINAL?

_ Não importa!
você não fazia parte disso.
Você nunca esteve no meu mundo,
simplesmente porque,
o VOCÊ que eu conheci,
nunca existiu,
eu criei na minha mente.

O meu VOCÊ tinha seus lindos olhos,
sua barba perfeita,
todos os seus predicados físicos,
mas o resto, era eu.


[o você que você é, não passa de uma coisa nefasta]


*

Nenhum comentário: