sexta-feira, 18 de setembro de 2009

23:36

.

Sempre que ele estava com ela, lembrava-se
daquela parte, daquele livro, que lera e nunca
esquecera:

Ninguém nunca tinha certeza se ela era
amaldiçoada ou abençoada, mas certamente
havia alguma coisa de feiticeira nela.


Ela era para ele, una
DONNAFUGATA

*

Nenhum comentário: