sexta-feira, 23 de outubro de 2009

23:00

ÁPICE DO AMOR

Ama-me com todas as
Urgências
Com toda a fome que as
Distâncias nos
Fizeram...
Ama-me com todos os defeitos
Com todas as verdades
Que as mentiras negaram.
Ama-me do teu jeito
Sem molduras
Sem verniz, em toda
Tua autenticidade.
Ama-me com ternura com
A força da sensualidade,
Com a razão e a loucura
Do Amor.
Ama-me mesmo que para
os outros seja sem nexo
Nossa química não se explica
Se sente e multiplica...
Ama-me um tanto do
Que te amo,
E saberá o que é o Êxtase
Da Felicidade.

Maxuel Scorpiano

[poema colhido nos jardins do blog
Menina dos Olhos de Mel]


*

2 comentários:

Lucy disse...

Oiiiiiiiiii Dani minha flor é claro que eu não me importo.
Esse poema é de um amigo meu lá no orkut super talentoso.
Eu simplesmente amOO o trabalho dele.
Fico feliz que tenha gostado.
Bjins ....bom findi.

Lucy disse...

Bia eu confundi teu nome vc viu?

=D
Tava lendo um post da Dani rs.
Perdão flor.