quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

14:30

.


Tem abandono, sim.
Tem desamor, sim.
Tem uma simplicidade rebuscada,
quase alegórica, que sugere, sim
putrefação, solidão, tristeza.

Mas não se engane rapaz,
as aparências são espelhos de mil faces,
e dentro do seu requinte pode ser que
você esteja vendo a si mesmo.

[O meu vazio é branco e repleto de vidas]

*

2 comentários:

renata carneiro disse...

sempre pensei: que o vazio é cheio de cada um.

beijos!

Pipa. A que sonha. disse...

Criança sonho,



Fora: Quase todas as almas vampiras situadas nessas furnas, nos sugam as energias.



Dentro: Mas dentro há uma centelha divina que funciona como barreira de proteção, a emergir nos momentos escuros.



E depois, ele não era tão bom assim. Ele era alto demais, com nariz adunco, e olhos vermelhos, com caráter desrespeitoso fácil de se identificar. Amanhã as trevas de onde ele veio, o levarão de volta. E presenciaremos o julgamento feito pela juíza mais respeitada de nossos tempos. "A consciência".



P.S.: Te abraço. Me abraças.