terça-feira, 26 de janeiro de 2010

16:34

.

Não eram só ruas de uma cidadezinha,
eram as SUAS RUAS,
ruas que existiam só para eles
se acharem
e se perderem
naquele esconde-esconde AMOROSO
de intenção lúdica e amalucada.

[Coisa de dois serezinhos ESTRANHOS que vivem fora da casinha]


*

4 comentários:

Arco Irís disse...

Aiii que delícia de textinho :)
Vc é muito criativa e sensível
Viva!!!

renata carneiro disse...

num mundo de dois, sempre existem lugares exclusivos.

beijos!

Mr. Mojo Risin' disse...

We were strangers in the night
Up to the moment
When we said our first hello.

http://www.dailymotion.com/video/x3s2pd_frank-sinatra-strangers-in-the-nigh_music

A.S. disse...

Be Lins...

Há sempre um lugar especial, onde nos perdemos e achamos entre as emoções e o prazer...


Beijos...
AL