sexta-feira, 5 de março de 2010

19:52

.

Socorro, alguém me dê um coração,
que esse já não bate nem apanha,

Socorro, alguma alma
mesmo que penada, por favor
já não sinto nada!

_ da canção de Cassia Eller


[às vezes, sinto que a falta de emoção faz de mim uma alma penada]

*

Um comentário:

Simplesmente Outono disse...

Meu paradoxo, muito prazer...

Sorrisos e lágrimas, algumas vezes ao mesmo tempo.
Superações e mágoas andaram de mãos dadas em sua maioria.
Desafios e surpresas nem sempre superados e tão agradáveis assim.
Infinitas dúvidas e certezas, uma perfeita e delicada simbiose.
Um pedido: que os melhores sentimentos simplesmente permaneçam onde estão.

Simplesmente Outono.