quarta-feira, 31 de março de 2010

23:20

.

CONFISSÃO

É bem difícil bancar a durona.
Pronto, falei!
Disse NAO, mas o disse, morrendo
de vontade de dizer SIM.

[Óh, céus]

*

2 comentários:

Simplesmente Outono disse...

Certezas assustadoras, contundentes além do suportável. Magnitude: palavra perfeita visto tamanha grandeza de sentimentos. Corroboro com evidente verdade. Em determinado momento da história a vida nos impõe o seu basta esgotando toda e qualquer possibilidade de lutar contra. Perdermos as forças e involuntariamente abrimos a guarda. Assim, um dilema foi estabelecido. Lutar contra: dor infinitamente maior do que lutar a favor. Quando a luta é a favor não há dor, esta é a verdade. Saudade, muuuuita saudade das tuas letras. Com extremo carinho e respeito do mesmo Outono de sempre.

Janaina Cruz disse...

Dizer não é tão importante quanto dizer sim!
Parabéns pela conquista, eu tenho também que aprender a fazer o mesmo...rs