sábado, 5 de junho de 2010

01:15

.

Ele tentou a SORTE,
ACERTOU bem no coração dela.

Depois, ele jogou a sorte fora.

O tempo passou, e ele viu que
a SORTE não bate duas
vezes na mesma porta.

Nunca mais teve SORTE, o tadinho!

[Bem Feito!]

*

3 comentários:

Emili disse...

Paspalhão!

Thαlitα :) disse...

haha,adorei.
A sorte não bate duas vezes na mesma porta e nem arrependimento tardio muda as coisas.

bj!

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Impressão minha, ou tem um cheiro de tinta preta no ar?


rs

Beijo