terça-feira, 3 de agosto de 2010

21:09

.

'A mão do tempo
estava em suas costas, empurrando-a...'

[Ainda haveria tempo?]

*

Um comentário:

renata carneiro disse...

o tempo sempre da o tempo do tempo se ter. mas sempre falta tempo.

um beijo!