domingo, 28 de novembro de 2010

19:40

.

Era uma propriedade difícil de explicar,
alguma coisa que vinha naqueles gens peculiares

que se combinavam entre si e faziam de cada hora
de cada momento, uma festa entre seus sentidos exploráveis.

[Não era uma questão de aproveitar momentos, mas
de UM SER O MOMENTO DO OUTRO]


*

5 comentários:

Steph disse...

Perfeito, simples assim

beijos

Luanny disse...

esse é o melhor momento, um ser o momento do outro. :)

Márcia Parente Sena disse...

Lindo!
adoro essa estética preto e branco do seu blog, muito lindo!!

Ah, dá um pulinho no meu blog: http://viajapensamentos.blogspot.com tem um selinhoe especial para meus blogs preferidos!!
bjocasss
Márcia

Ana disse...

Amei seu blog!
Nada melhor do que ser o momento de alguém!
Seguindo...!
Parabéns pelo blog!

z i r i s disse...

Uma linda história em três tempos, um dentro do outro. Vinculados, entregues ao tempo que assiste feliz!

bicócas