quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

00:02

.

Não eram suas bocas
eram suas almas puras
cheias de desejos impuros

que beijavam-se assim,
sem começo sem meio sem fim

*

4 comentários:

R disse...

Adorei o blog, já sigo.
Linda a forma como escreve, gostei da parte do "sem fim". Esse é o melhor de tudo.

thie disse...

"Vou escutar sua musica inteira
Venha dançar você até o fim
A sonora madrugada
Voada distante do amanhecer
Até você"

sempre delicada... ^^

Roberta Blá disse...

Com certeza vou guardar esse naquela parta escrita "ler sempre". Adorei!
Beeeijos

ticoético disse...

são coisas assim que te provocam a fazer um breve comentário que seja,e depois te deixam sem idéia do que falar,porém convicto na intenção,entende?! enfim,um belo ano.
abraço !