sábado, 9 de julho de 2011

00:00

.

E sua alma
era só uma sombra

que dançava
só.


*

Um comentário:

thiê disse...

meia noite é sempre estranha. estar no meio de algo me deixa eternamente inquieto...