sábado, 3 de dezembro de 2011

16:10

.


O grandisíssímo X da questão
é sempre O OUTRO.

É pelo outro que se sofre
É pelo outro que se acha que se tem que mudar
É pelo outro e seu olhar, seu julgamento, sua aceitação,
sem bem-querer, sua atenção, sua acolhida em direção à

que orbita a sanidade humana.


[O resto é pura encenação]


*

3 comentários:

Flor de Lis... disse...

E quando as coisas não dão certo, é sempre mais fácil colocar a culpa no outro.

Perfeito td aqui! Parabénss;)

Lianto disse...

E quem é o mais perto do outro? lembre se a loucura é política !

Etiene disse...

É errado pensar mais no bem estar da pessoa, fazer tudo por ela enquanto deveríamos fazer tudo por nós mesmas

Beijos