quinta-feira, 30 de junho de 2011

00:00

.

Meia Noite

_ hora de dizer
que eu não vivo sem você.


*

terça-feira, 28 de junho de 2011

23:44

.

Procuravam-se
pelo desejo e pelo privilégio,
não era necessidade, mas APETITE

pelo VIVER.


*

23:30

.

tudo
observa
incansavelmente
tudo
observa
incansavelmente
tudo

OBSERVE!


*

23:23

.

E havia aquelas noites em que
calar tudo que se tem por dentro era tudo a se fazer,

e seus corpos podiam flanar livres,
enquanto suas almas dormiam.

Porque às vezes,
A PALAVRA É ABSOLUTAMENTE DESNECESSÁRIA


*

23:18

21:23

.

ESTADO CIVIL: 
INTERESSANTE


*

21:21

.

No movimento teatral de um romance
entre um ato e outro, chega a hora de

despir-se de toda representação
e revelar-se:

_ eis o GRAND FINALE!


*

11:11

.

Quero a tua verdade
quero a água das tuas palavras mais puras

desaguando em mim.


[Só assim, haverá outra vez!]


*

domingo, 26 de junho de 2011

13:03

.

O meu amor maior,
SOU EU


*

sábado, 25 de junho de 2011

16:06

.

Apontamento Breve:

é preciso cultivar as fontes de prazer
mesmo que isso signifique

uma dança sobre carvão ardente!


*

16:00

.

Quero uma calma SUBMARINA


*

15:22

.

Como entender,
se oque você vê em você
é tão diferente do que eu vejo?...

_ Me ensina a te ver melhor.


[Me ensina te ver, além!]


*

15:15

.

Como é o Amor pra mim?

_ è como uma casa que mistura formas e cores contrastantes,
ignora parantescos de origem e estilo, oferece sensações a cada detalhe

e abraça em seu ninho dois universos inconjugáveis.

Amor é um lugar de férias perpétuas bem defronte ao Mar.


*

14:44

.

Na arquitetura de um romance,
oque importa é a escala;

O exagero nas dimensões dos gestos,
revela-se seu melhor ingrediente.

Para gente do meu tipo,
o amor só acontece nas imensidões dos detalhes
e suas simetrias inimagináveis.


*

quinta-feira, 23 de junho de 2011

20:44

.


Do que nunca vai faltar:

CAMINHOS




*

quarta-feira, 22 de junho de 2011

21:27

.

Para alcançar o sentido do
que quer que seja felicidade,

há que se ter o dom de

SABER FAZER OS OUTROS GOSTAREM DA GENTE,

e isso, é feito arte, exige talento, dedicação, tendência, sorte,
não basta só querer, tem que poder e saber.




*

terça-feira, 21 de junho de 2011

21:21

.

_ Sabia que hoje é a noite mais longa do ano?

Deve dar tempo de dar umas boas voltas por aí, não?...


*

20:28

.

Se eu acho?
_ eu não acho nada,
a única certeza que tenho é que eu estou sempre
pronta para colocar a "viola na sacola"

e CAIR FORA!


*

segunda-feira, 20 de junho de 2011

23:33

.



Partilharam uma poética,
e isso foi tudo.




*

23:23

.

Do que se trata, afinal?

Trata-se de:

" um jogo de espelhos que refratam eternamente
essências, em que aparência e realidade são apenas
véus suspensos que velam e revelam contínuas mudanças.
Pois o que mais é a vida senão mudanças, fluxos, diferença,
repetição, variação e retomadas?!..."


*

02:08

.

Saia das sombras que te assombram
grite o meu nome, roube-me depressa,
faça-me sua presa, refém de seus braços
de tantas marcas e riscos:

_ a solidão, você sabe,
 nunca foi um lugar seguro,
nem pra você, nem pra mim.


*

02:02

.

"Mas a verdade era que não conseguia ficar
dentro dos limites de segurança aos quais
mentes mais caulelosas se sujeitam."

_ e depois, aquele abismo era muito INTERESSANTE.


*

08:08

.

Como se sente
voltando atrás

aprenda a lição
NUNCA DIGA NUNCA MAIS

Como se sente
a falta que faz
o mundo dá voltas
nunca diga nunca mais


*

domingo, 19 de junho de 2011

21:28

.

Das cartas que não se perdem:

"Eu ainda pressiono suas cartas junto aos meus lábios,
e as guardo em partes de mim que saboreiam cada beijo..."

[r.s.v.p.]


*

21:20

.

Não perdera apenas o brinco naquela noite,
perdera o juízo, a inibição, as falsas reservas

e ganhou com isso, o mais belo AMANHECER


*

16:02

.

Eram filhos da Lua
como ela, praticavam a arte
de aparecer e desaparecer

só para assim garantir
o prazer da eterna
DESCOBERTA


*

sexta-feira, 17 de junho de 2011

19:00

.

E então quem assume as horas
é o coração,

só para as horas passarem assim,
amorosamente DEMORADAS.


[ou demoradamente amorosas]


*

quinta-feira, 16 de junho de 2011

00:08

.

Inunde-me!


*

00:00

.

Tenho uma imagem absolutamente romântica
de você, e sem dúvida, falsa:

vejo-o como um farol que nunca se apaga,
portador de uma tristeza misturada ao seu contrário,
completamente nu, desprovido, desprotegido e lindo.

_ Por favor, não me diga que é uma ilusão!


*

23:55

.

"Nunca se conhecem as pessoas
em seu ambiente,
é preciso levá-las embora, para longe"

para sempre!


*

23:32

.


E inesperadamente
ela convidou-o a abrir
o último botão do seu vestido


*

quarta-feira, 15 de junho de 2011

21:08

.

Como se fosse possível
renunciar ao romantismo

 com esse romance descarado bailando no céu
para o deleite dos corações puros
 e lascívia de seus olhos
 inteiramente NUS



[São uivos, são corações acelerados, são saudades gritadas,
é noite de paixão]


*

terça-feira, 14 de junho de 2011

19:55

.

Não sei muito bem oque significa
oque eu vou dizer mas,

pra mim, O HOMEM PERFEITO

tem que ser como uma onda do mar.


*

19:26

.

Olha, meu anjo
eu sei que não sou muito boa nos grandes gestos

_ mas sabe, nos pequenos, eu capricho e você parece
não notar...

Os corações que você encontra no seu caminho,
por exemplo:

são o meu chamado, o meu suspirar, o meu muito intenso amor
enviados, timidamente, à você, meu coração!

[ME COLHE]




*

sábado, 11 de junho de 2011

20:28

.

Enquanto o mundo não acabar
ainda haverá uma chance.

Ou várias.

*

20:22

.

O Amor
faz morada nas águas da paciência
e não conhece oque significa LIMITES

Ele é eterno, teimoso, absoluto e só
se deita nos lençois do sossego se ali estiver
seu outro pedaço de vida, sua única fonte de calor.

[Afora isso, não creio que seja Amor]


*

quinta-feira, 9 de junho de 2011

16:00

.

Quando o frio é abrigo
de corações partidos,

a nebulosidade faz tudo parecer
menos dor,
parecer mais calor,

por mais estranho que pareça
nada como uma noite muito fria
para mergulhar em delírios de amor.


*

quarta-feira, 8 de junho de 2011

18:52

.

Era maravilhoso
aquele seu jeito de tocar o mundo pela nuca

[e ver o mundo se derreter todo por ele]


*

domingo, 5 de junho de 2011

14:-06

.

E o verbo mais nobre
que era o verbo AMAR

virou verbo corriqueiro,
tipo ir à farmácia comprar aspirina C
e CAMA.

Amar virou menos que gostar.

*

13:50

.

Quando a luz dia
vai tomando o lugar da luz da noite,

e o ar é fresco, puro e limpo como
uma onda que não estoura

é que se sente a espessura impenetrável
do enigma que é o mundo.

[O dia chega de soslaio]


*

13:40

.

_ Isso não é pecado, meu filho, isso é ser humano.
SACOU?


*

11:11

.

Seria possível criar um romance
nas ondas da DESCONTINUIDADE?


*

quinta-feira, 2 de junho de 2011

23:44

.

Nus,
o encaixe de seus corpos,
ficaria muito bem no Louvre.

[Ideia original, Virginia Woolf]


*