quarta-feira, 30 de novembro de 2011

23:52

.



"Estamos aprendendo a lição seguinte:
_ AMOR É TER "


[Fernanda Montenegro, em carta à Clarice Lispector]



*

19:19

.

Pobre barquinho,
abobalhadamente o chamo de VIDA,

ancorado, parado, esquecido, sem movimento
no eterno aguardo das carícias das águas quentes
feito a gente, feito tanta gente que como a gente
s i m p l e s m e n t e
preferiu ficar.

'e a nossa música nunca mais tocou...'


*

terça-feira, 29 de novembro de 2011

23:46

.


'Fujamos para Hong Kong ou para qualquer lugar
com pouco aquém do além.
E, como você diz:
_ Que Deus nos proteja para todo sempre.'


[Clarice Lispector]


*

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

00:08

.



'PALAVRA POR PALAVRA
EIS AQUI UMA PESSOA SE ENTREGANDO...'


[Gonzaguinha]


*

00:00

.


Eu amei você em todas as suas obscuridades,
Eu te amo no escuro, na verdade e ainda,

mas não seria hora, afinal, de você revelar para mim
as suas CLARIDADES?...

[Você pode ocultá-las de mim, mas jamais de você!]


*

19:12

.


'Só quem já morreu no fogueira
sabe oque é ser carvão'

[Voz, Maria Rita/ Canção de Rita Lee]


*

11:11

.

Claro que tem que se
ter vocação e um certo jeito
para conjugar a sorte de um monte de
UAU!!!


*

domingo, 27 de novembro de 2011

24:00

.


Amor bom mesmo
é aquele que deixa na boca da gente
uma infinita sucessão da alegre expressão
         
_ UAU!!!


[Ou pelo menos, de vez enquando...]




*

20:40

.


O Amor é totalmente
Rock n'Roll





*

20:30



Deixa eu te falar uma coisa sobre o Amor
na qual eu acredito fortemente:

Amar é surpreender,
duplamente,

surpreender-se em ser capaz
de surpreender um ser com a devoção do seu amor.
Não acredito num amor que não SURPREENDE.


[Você é capaz de surpreender?]

sábado, 26 de novembro de 2011

01:52

.


'A última bolacha do pacote
não é a mais gostosa:
ou ela tá quebrada, esfarelada ou murcha!
E além do mais, no fim do pacote
a fome já até acabou.'

[Guns N'Roses]



*

23:55

.

O Amor e suas
composições.

Por exemplo:
Corações em forma de alameda, tudo florido,
repleto de delicadezas, corações 'endereço certo'
que desejam ver o amor chegar entrar e ficar.

Esses, eu não tenho muita certeza que existem,
mas se dizem que há, então,  HÁ.


*

23:48

.


O Amor
e suas composições.

Por exemplo:
corações de pedra também amam,
mas seu amor é pesado, machuca.

O Amor pode machucar?
_ pode , sim! Acredite, Ele pode!


*

20:08

.



São suas costas que falam comigo,
como eu poderia te entender?


[Nem por isso vou acelerar o meu passo, baby,
eu só sei dançar bem devagar, e meus olhos gostam
de todos os lados, tanto que olhar pra frente, pra mim,
é O DE MENOS]





*

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

23:58

.

Das mais perfeitas falas:

'SE EU TIVESSE MAIS ALMA PRA DAR
EU DARIA...'


[Djavan]



*

23:50

.


... e nem todas as palavras do mundo
poderão explicar o Amor,

esse negocinho tão
INEXPLICÁVEL


*

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

22:22

.

TANTO FAZ
é um tempo de verbo
não muito interessante
mas...
_ oque eu ia dizer mesmo?

ah!..., sei lá, tanto faz!


[Quem é louco o bastante para abrir mão da
sua boa velha zona de conforto?!...]


*

domingo, 20 de novembro de 2011

21:02

.


O AMOR É EXTRAORDINÁRIO
duas pessoas apenas
e um mundo se faz.


[Eu sou da tribo dos caçadores do extraordinário]


*

21:00

.


A gente só queria jantar junto,
tomar um vinho, trocar mil beijos
e fazer disso a nossa vida...

é pedir muito ao Deus do Amor?


*

18:28

.


VERBO MALDITO


*

sábado, 19 de novembro de 2011

15:25

.


"Éramos impossíveis de outro modo"

[Éramos impossíveis nas palavras não ditas
e nos pensamentos evitados. Éramos impossíveis
POR QUERER ]


*

11:11

.


O que posso eu fazer
se é o EXTRAORDINÁRIO que me fascina?


[Sou da Tribo dos Caçadores da Aurora Boreal]


*

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

12:00

.


_ TESSERE BEM

[do livro 'Uma Dobra no Tempo', Madeleine L'Engle]


*

terça-feira, 15 de novembro de 2011

13:13

.


Tem vezes
que não dá muito certo
sair por aí tentando 'COLAR'
que lá vitta é dolce, né Fellini?!...


*

domingo, 13 de novembro de 2011

20:01

20:00

.


r e s t a u r a n d o  o  s i s t e m a  
r e s t a u r a n d o  o  s i s t e m a
r e s t a u r a n d o  o  s i s t e m a


*

19:19




*

00:00

.

Resisti à todos os fins
finais, términos, esquecimentos,
e todos, sem exceção,
riram da minha resistência
e me atravessaram por dentro...

Resisto ao fim derradeiro
de mim mesma
e pressinto, afinal,
a inutilidade da luta.


[Acabar não é um verbo bonito]



*

sábado, 12 de novembro de 2011

00:23

.


"Tamo junto na laje..."


[do tempo do mundo do sonho]



*

15:50

.

_ O que você acha que vamos ser quando crescer?

_ Eu não sei. Mas minha mãe sempre diz que sente saudade dos tempos de criança.

_ E que mais que ela diz?

_ Às vezes ela diz que ser gente grande é chato e cansa.

_ Que droga, eu acho que cresci do mês passado pra cá.

_ O que vocâ acha da gente ser criança pra sempre?

_ Eu acho bom. Vamos procurar no Google como que a gente faz...

_ Isso, e depois a gente conta pra mãe e ela pode voltar a ser criança.

_ Yeah!!!


*

10:40

.


Eu quero a cor reconfortante
dos RECOMEÇOS

Eu quero ME RECOMEÇAR
Eu quero dar as mãos à mim mesma
Eu quero me levar pra passear...


*

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

11:11

.

Só Mulheres

"As escolas podiam ensinar as mulheres a serem mulheres.
E encher de cuidados domésticos as listas de afazeres dominicais.
Enfeitar vasos, ornar toalhas, abrir janelas.
As escolas deviam ensinar as mulhres à aquecerem seus ventres.
De recheios de fêmea, de danças, pra que quando seu homem
esteja à casa, ela possa ser só mulher.
E escorrer de amores.
As escolas podiam ensinar  as mulheres a lavar o dorso como
quem se desprepara de algo.
A falar como quem vai soprar alguém. A serem naturais.
Só fêmeas. E lobas. E assim, talvez, os machos possam ser
só machos também."

_ Bel Zynes


*

domingo, 6 de novembro de 2011

22:22

.

Não se engane!
os capítulos que nos negamos
ou que nos são negados viver,

ficam detidos parados num tempo
esperando acanhados no meio do caminho
que a gente cresça e aprenda  a reconhecer

as pistas dessa tal felicidade transformada
naquilo de melhor que podemos ser,
amados, amantes, amáveis...


*

21:21

.

Os nervosos

[inquietos, instáveis, histéricos, angustiados, inconformados, delirantes, lunáticos e afins]

são o SAL DA TERRA.

_ Marcel Proust



*

11:11

.


Eu não gosto de flores compradas
Eu gosto de flores roubadas
Apanhadas de um qualquer jardim,

Eu as prefiro, sobremaneira,
Quando são tuas mãos sorrateiras,
Que as trazem pra mim
Amarradas num laço de cetim.


*

sábado, 5 de novembro de 2011

00:00

.


Eu queria
olhar a lua que está cheia

deitada na grama de alguma praça
 BEM no centro do coração de Paris.


[E assim, habitar um coração]


*

23:599999999999999999...

.



Eu queria a tua primeira página,
queria teus segredos revelados só pra mim
com letras garrafais pra eu entender...
Eu queria fazer parte da tua história,
proclamar o nosso encontro impossível
que por mágica se virou EM possível
Eu queria tudo isso publicado
e registrado para SEMPRE
nas páginas daquele velho jornal...

Eu queria!




*

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

22:08

.


_ O que você espera?

O que eu posso dizer além de que
TUDO ESTÁ AQUI DENTRO
como se fosse um filme a que posso
assistir quando eu bem quiser?!...

[Ou seja,  SEMPRE!]



*

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

23:29

.


SOMOS _ HORAS VIVAS
DE DORMIR _


[Machado de Assis]



*

20:00

.



A distância é como os VENTOS:
apaga as velas e acende as
GRANDES FOGUEIRAS


[Machado de Assis]


*

19:03

.


Então a gente fica junto
e eu me perco tanto

que já nem sei se isso
tudo é terra, ou CÉU.


*

19:00

.


Obsceno
é esse contorno do teu rosto
que eu amo até nos mínimos detalhes...


*

terça-feira, 1 de novembro de 2011

02:08

.


Feche seus olhos
e deixe-me ficar perto


*

00:28

.

Vou extrapolar no clichê;
é que eu realmente queria saber

_ COMO VAI VOCÊ?


*