domingo, 29 de julho de 2012

14:59

.

Onde há espera
há a inevitável presença da esperança,

Sendo que a esperança
é oque te faz dançar na chuva
de braços dados com uma alegria

VINDOURA

[E você pergunta: _ será que virá?...
Pelo sim, você dança.]


*

Um comentário:

Abelha que voa por aí sonhando disse...

Eu estou assim, com esperança... mas a espera me dói... e não tem chuva...
Beijos