domingo, 26 de agosto de 2012

19:40

.



Quisera eu, ser
aquilo que te imobiliza
ser a ante-véspera do que te cala
ser aquela que te encontra
possuído de amores

Quisera eu, ser o teu
sentido secreto, aquele que te guarda
na imobilidade das horas
no movimento dos sonhos
naquilo que te faz feliz.

Quisera eu ser o teu amor indecifrável.


*


*

2 comentários:

Etiene disse...

Quisera eu ser isso tudo na vida dele ... Lindo texto. beijos

Patrícia N. Silva disse...

É... quisera eu... que lindo...
Beijo