segunda-feira, 17 de setembro de 2012

17:26

.



Se o erro é inevitável,
que seja!
mas que ele não tenha força de abalar um AFETO


*

Um comentário:

Dani disse...

não deixemos que as coisas pequenas atrapalhem as coisas grandes.