sexta-feira, 9 de novembro de 2012

13:13

.


Cada qual tem o direito de bem ou mal achar
tudo que quiser sobre essa coisa de amar.
É pessoal. É uma busca. É intransferível. É único:

_ ás vezes,
 pode até ser música que reverbera mas não toca,
mas ainda assim, pra esse alguém, isso é amar.

Há que se considerar!


*

Nenhum comentário: