domingo, 26 de fevereiro de 2012

19:30

.

O amor se faz
não quando alcança o coração,

o amor se faz quando o coração
está no toque das mãos


[toque minhas mãos...]


*

13:00

.

Eu gosto mais das  pessoas
quando delas posso ver

 A  C R I A N Ç A


*

sábado, 25 de fevereiro de 2012

14:18

.

Entre eles
não era uma questão de pele
mas uma questão de mãos

que não se largam...


*

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

11:38

.

"Segurastes o sol nas costas.
Agora, reconheces nas cicatrizes os nomes que queimaram teu corpo,
marcas que anunciam os sofrimentos que fizeram de ti este ser estranho
que fez uma espera para tocaiar o silêncio."

Mandalas, parte I
 de José Inácio Vieira de Melo/ poeta


*

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

02:00

20:12



Tudo não passou de uma batalha
entre matéria e anti-matéria

de onde fomos salvos pelo balanço
de um trilionésimo de segundo distraído
que se apaixonou...

[ é preciso cuidado... a anti-matéria, no entanto, espreita-nos!]


*

00:42

.



Você quer que eu me liberte,

então
eu alcanço as ruas,
e as descubro mais perdidas do que eu...

volto e vejo a chuva de casa,
aqui, posso andar descalça
sem   m a c h u c a r   os meus pés...


*

15:17

.

O que é mais glamuroso:
fazer pose ou deixar de pose?

Oras,
ame
e deixe de pose!


*

domingo, 19 de fevereiro de 2012

23:23

.


Quando o ponto é feito de chama
ele é  TUDO,
menos reticente . . .


*

23:05

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

12:40

.

Se você não soltar o seu riso
como pretende se divertir com o amor?

Concordo!
Talvez amor não seja exatamente divertido,
mas acontece de chegar uma hora em que a gente
quer sim, rir um pouco mais...

*

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

18:22

O Balanço tá de férias



*