quarta-feira, 22 de maio de 2013

17:45

.


Mais que palavras
oque se quer são
PERSPECTIVAS

, de emoção


*

2 comentários:

Lianto disse...

Acabo de ver o filme Somos tão jovens.
Realmente motivador a todo tipo de pessoa que queira realmente saber o que importante para a vida. Essa que realmente nos faz dar de cara com que somos, capazes de falhar,capazes de ser um pouco de menos nesse mundo demasiadamente que se faz em pedaços de detalhes.Só que ninguém escapa,tudo se monta e desmonta,tudo se esvai com o cotidiano.E é a maior riqueza é essa aproveitar o tempo que ainda temos para montar um cultivo da solidão, ainda que ela se faz com toda beleza que irradia em coração aberto para enfrentar todo o perigo.O opaco do mundo nos constrange para sempre nos dar possibilidades de avaliar realmente o que nos motiva para conquistar a liberdade. Essa é uma tolerância que temos que ter com a efemeridade de cada estação que nos alimenta em elementos que nos rodeiam com suavidade e até mesmo arrepios que nos põe para fornecer.

Be Lins disse...

Suas palavras são tão bonitas, Lianto...
Preciso de tempo para recebê-las no meu coração repleto de solidão,

oque me ocorre de imediato e´que não me conheço, e que meu coração é um território que tenho medo de percorrer.

"tudo se monta e se desmonta"
e como é frenético o ritmo das horas, e como são frívolas as sensações... efêmeras, como você tão bem coloca,

tolerãncia,
ou paciência com o medo,
com os agentes que nos limitam,
como as asas que não portamos e nos impedem os voos que tão lindos seriam...

Você me rodeia com suavidade,
e isso realmente tem um grande valor.

Beijo sua alegria de viver,

Be