sábado, 30 de novembro de 2013

15:48

.

amor, seu
gota
à
gota

vai
e
vem

feito maré
lenta, em movimento
que não
se
esgota


*

Nenhum comentário: