sábado, 21 de dezembro de 2013

01:45

.


Tem horas que não dá pra aguentar. NÃO DÁ PARA AGUENTAR.
Dói uma coisa de louco o olhar do outro. O outro 'todo mundo' que insiste
em não ver você. Vêem através de você. Vêem oque desejam ver, e você não
está ali, embora seja você frente ao outro, ao 'todo mundo' que por vezes cansa
[paracaralho!]

OQUE OS NOSSOS OLHOS ALCANÇAM?

é um desconcerto. é uma porrada. é o caos. é a não-manifestação. é a confusão.

Sou eu esta porcaria que seus olhos refletem?
Devolva cá meus reflexos, mundo cão!, esta não sou eu, este é você!,
tá tudo fora de foco, eu estou fora de foco, o olhar não existe, só existem equívocos...

Amargurei. Que é oque ocorre quando saio de mim. Que é oque ocorre quando saio pro mundo, que de fofo não tem nada..

Só meus óculos me protegem. E as paredes. Da minha casa.


*

Nenhum comentário: