segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

20:22


Até as folhas da árvore
bateram asas ao vento.

Restou, silêncio.


*



*

Nenhum comentário: