quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

20:44

.

 
E se a rosa fosse prosa, e se a prosa fosse verso, e se o verso fosse dito, e se dito fosse findo, e se findo fosse engano, e se o engano, resolvido, e o resolvido fosse quisto, e se quisto fosse lindo, e se lindo, o destino, e se o destino fosse tanto, e se o tanto fosse livre, e se livre fosse junto, e se junto fosse ninho, e se ninho fosse colo, e se colo fosse cura, e se cura fosse calma, e se calma fosse a fala, e se a fala fosse hoje, e se hoje fosse o dia, e se o dia fosse noite, e se a noite fosse rosa, e se a rosa fosse estrela, e se a estrela fosse brilho, e se o brilho fosse dito, e se o dito fosse verso, e se o verso fosse o inverso, e o inverso, caminho, e se o caminho fosse volta, e se a volta fosse flor, e se a flor fosse uma rosa, e se a rosa desse prosa,
 
tudo virava POESIA
prosa e verso.
 
 
*

Nenhum comentário: